quarta-feira, 22 de outubro de 2014

EU VOU DE VOTO NULO(666 O VOTO DA BESTAFERA) E QUEM NÃO FOR PHODH@-SE!!!









































LULA ENCHE O RABO DE ELIXIR CANAVIAL E EMBRIAGADO DE ÓDIO ESCULHAMBA ATÉ COM A SOMBRA FAZENDO COM QUE A JUSTIÇA SUSPENDA O PROGRAMA ELEITORAL DA VACA TERRORISTA


O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) acatou nesta terça-feira (21) um pedido feito pela campanha de Aécio Neves (PSDB) e suspendeu uma propaganda de Dilma Rousseff (PT), retirando-lhe, ainda, 1 minuto e 50 segundos do horário eleitoral que será exibido no período noturno de quarta-feira (22). A propaganda suspensa – que não pode mais ser exibida – foi veiculada na segunda-feira (20) e mostrou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, COMPLETAMENTE FORA DE SI E COM SINAIS DE ESTAR ALCOOLIZADO OU DROGADO, FAZENDO CRITICAS A AÉCIO NUM COMÍCIO REALIZADO EM BELO HORIZONTE (MG) NO ÚLTIMO DIA 18. Na ocasião, Lula disse que Aécio é o candidato dos banqueiros, que Dilma foi presa aos 20 anos por lutar pela democracia e questionou onde estava o candidato tucano enquanto a presidente era presa, chamando-o de filhinho de papai. LULA NUNCA SOUBE DIREITO DE QUEM É FILHO, por isso tem estes ataques contra famílias bem constituídas. Como ataques não são mais permitidos em propagandas do horário eleitoral, os ministros acataram a representação do PSDB e disseram que as críticas de Lula não contribui com a campanha e desmerece o espaço reservado para a apresentação de propostas na TV. Os ministros ainda rechaçaram a declaração de Lula acatando argumento apresentado pelo advogado do PSDB, dando conta que AÉCIO TINHA 10 ANOS QUANDO DILMA ESTAVA NA GUERRILHA ASSALTANDO BANCOS, SEQUESTRANDO E PARTICIPANDO DE ATENTADOS TERRORISTAS CONTRA BRASILEIROS INOCENTES (Postagem gentilmente roubada lá no Blog do Coronel. – A manchete e a imagem não fazem parte do texto original).





DOMINGO, MINAS GERAIS VAI BOTAR PRA "PHUDÊ" NA VACA TERRORISTA...



















































terça-feira, 21 de outubro de 2014

DOMINGO, OS OLHOS DO BRASIL ESTÃO VIRADOS PARA MINAS GERAIS. O PAÍS EM PESO, DEPENDE DAQUELE POVO LIBERTÁRIO. PREPARA-TE MINAS GERAIS!!!


LIBERDADE, AINDA QUE TARDIA...

Mozart Hamilton Bueno - Juiz de Direito aposentado e Professor

Nascedouro da nacionalidade, berço da liberdade e sacrário dos valores eternos, minha Minas Gerais não ficará silente nem deserdará seus filhos neste momento tenebroso por que passa o Brasil. Nuvens negras já despontam no horizonte da Pátria com vistas a turvar e demolir a nossa democracia penosamente construída. Homens inescrupulosos, impatrióticos e vendilhões se apoderaram do poder em todos os níveis e nele pretendem se perpetuar, impondo-nos ideologia e regime político alienígenas, incompatíveis com nossa tradição, nossas aspirações e com a nossa história. Estes se espelham no decadente facínora Fidel Castro, nos inconcebíveis regimes ditos bolivariano, da Venezuela, e nos mais sanguinários ditadores do mundo. Aspiram se eternizarem no poder mediante o covarde silêncio do Congresso Nacional e da recente decisão do STF no escandaloso caso de corrupção denominado "mensalão". O povo, em boa parte analfabeta, carente e dependente das tais bolsas compra votos (bolsa família, bolsa gás, bolsa escola, bolsa prostituta, etc...) não vislumbra, por absoluta incapacidade de discernir, o perigo que se avizinha. Já perdemos nossa identidade cívica, social e moral e, não demorará perderemos a liberdade caso prossigamos nesta trilha maldita de corrupção e cinismo implantada pelo PT comandado por Lula. É revoltante assistir a presidente empunhando entusiasticamente a bandeira cubana ao lado do ditador ilhéu e o presidente da Câmara a afrontar em momento solene o Ministro Joaquim Barbosa, Presidente do STF. Avulta-se, com desenvoltura nunca vista, o aparelhamento do Estado, a compra de parlamentares, o sucateamento das Forças Armadas, o manietar da Polícia Federal e pior, o silêncio complacente das instituições, especialmente dos Ministérios Público Federal e Estaduais e a leniência de boa parte do Judiciário além do andar paquidérmico dos processos. Os políticos, por seu turno, perderam a hombridade e se quedam em covarde passividade diante destes descalabros. Não há oposição para combater tantos desmandos; nenhuma voz se alteia contra este estado de coisas, no Congresso submisso. Empréstimos secretos são feitos a ditaduras; dívidas de países governados por ditadores são perdoadas sem que a opinião pública brasileira seja consultada; investimentos milionários são feitos em Cuba sob o suspeito crivo de "secretos"; igualmente "secretos" e suspeitos são os gastos com cartões corporativos, as viagens da secretária do ex-presidente e as despesas com viagens internacionais, enquanto ministérios inúteis foram criados para arrebanhar cúmplices neste nefasto aparelhamento do estado petista. Não há uma ação sequer do governo petista que seja clara e induvidosa. Sobre todas pairam suspeitas e inexplicável silêncio dos governantes. O Supremo Tribunal Federal, salvo as notórias exceções, hoje mais ainda realçadas, resvalou para o julgamento de conveniência e já não há um cidadão que lhe renda o devido respeito. As Forças Armadas - silentes por enquanto- se submetem a inaceitável e proposital sucateamento e ainda são humilhadas pela unilateral Comissão da Verdade. Nossas fronteiras, deliberadamente escancaradas ao narcotráfico, ao contrabando e ao descaminho, às FARC e aos médicos cubanos, são indícios de que estamos perdendo nossa soberania e o controle do que se passa em nosso território. Adicionem-se a este quadro nebuloso da nacionalidade as suspeitas demarcações de terras indígenas, a desenvoltura do MST, (este claramente estimulado e financiado pelo Planalto) e tem-se o caldo da desobediência civil, do atrito entre irmãos e do caos social. A violência urbana, já incontrolável, domina todas as comunidades do país; as drogas já escravizam milhões de brasileiros e, segundo consta, já passa de um milhão a coorte de menores zumbis que vaga pelas cidades, dependentes que são do "crak". Saúde pública vergonhosa, ensino público sofrível, segurança pública nenhuma. Direitos humanos só para transgressores da lei em inaceitável inversão de valores. No malsinado governo Goulart, no qual as ameaças foram muito mais tímidas Minas Gerais se levantou e espantou o fantasma que nos rondava. Na verdade, o Brasil é hoje, apesar da sua grandiosidade, país satélite das diminutas (em todos os sentidos) republiquetas sul-americanas. Pergunto então: onde está a Maçonaria? Onde estão as comunidades religiosas? Onde estão os Clubes de Serviço apologistas das liberdades? Onde estão os homens de bem deste país? Onde estão as forças vivas da comunidade brasileira? Onde está a imprensa? Estão fingindo nada ver e nada ouvir e fazendo cara de paisagem diante da borrasca político/social que se avizinha. Creio e espero que agora, se necessário for, Minas novamente se levantará contra o caudilhismo e o comunismo que aí estão à vista e já avizinhados, para honrar a tradição de liberdade que naquelas montanhas é cultuada desde os primórdios da colônia. Se assim for, estimarei ser convocado e serei um entusiasmado voluntário. Se o outro nome de Minas é Liberdade como acentuou Tancredo Neves, ela, a Liberdade, daquelas montanhas jamais se arredará. Tenho fé. (As manchetes e a imagem não fazem parte do texto original)





DIANTE DESSAS DUAS "TREPEÇAS" QUE ESTÃO AÍ, ELEITOR CONSCIENTE VOTA NULO!!!




ELEITOR CONSCIENTE DEVERIA MANDAR AECINHO DO PÓ E A VACA TERRORISTA DA DILMA PARA OS QUINTOS DAS PROFUNDEZAS DO RAIO DAS INTERTELAS DAS REBERBELAS DA PARAFUSETA...































































CONTADOR DE VISITAS